quarta-feira, 8 de abril de 2009

Óbidos - Caldas - Badajoz - Olivença

A exemplo de anos anteriores, a 13 e 14 de Maio de 1989 realizou-se mais um Ciclo-Brevet Internacional de Grande Fundo. O percurso era novo o que trazia sempre uma expectativa diferente. Pois partiu de Óbidos e o destino era de novo Olivença. Assim no primeiro dia o percurso era o seguinte: Óbidos, Caldas da Rainha, Rio Maior, Alcanena, Entroncamento, Constância, Abrantes (almoço), Rossio, Gavião, Alpalhão e Castelo de Vide; Segundo dia: Castelo de Vide, Portalegre, Arronches, Stª Eulália, Elvas, Fronteira do Caia, Badajoz e Olivença. Este percurso pelo menos até Castelo de Vide, tinha uns pontos algo exigentes, tendo em conta a distância de mais ou menos 330 Km.
Cerca de 1300 cicloturistas fizeram-se ao caminho, estendendo-se a caravana por cerca de 50 km. Vieram cicloturistas desde o Minho até aos Açores. Em Castelo de Vide a Revista Caldense da Corsolar deu dois espectáculos com o tema “ Ó Zé Segura a Bilha. Segundo o relato aconteceram dois acidentes, que levaram à desistência de dois elementos da caravana. O timoneiro habitual Mário Lino concretizou mais uma edição com pleno sucesso.
No enquadramento histórico, neste ano o Iraque invadiu o Kuwait, Mandela foi libertado, Carlos Melancia demite-se de governador de Macau, Helmut Kohl proclama a unificação das Alemanhas e ontem como hoje, o acordo ortográfico gera polémica.

Enviar um comentário