terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Balanço da Época

O ano de 2015 manteve-se na mesma bitola do ano anterior, longe portanto dos anos de 2012 e 2013 em que fiz mais de 8.000km.
Tenho porém sempre como objectivo mínimo fazer 4.000km, que me parece o razoável para manter alguma forma durante a época. Foi de certa maneira o que se passou em 2015. Não atingi grandes desempenhos mas foram medianos e também tenho que levar em linha de conta a idade. Senti-me sempre bem durante o ano todo.
Andei em todos os meses do ano, como tem que ser, mais nuns que noutros, é verdade, com um mínimo de 3 e um máximo de 12 saídas no mês.
O total de km registou 4.705km em 73 saídas com uma quilometragem por saída de cerca de 64km, tendo gasto 192 horas. Nestes números estão 225 km que fiz com a minha mulher, também ela andou menos que o ano passado.
O percurso menor foi de 49km e o maior de 76km. Faltou-me um pouco de resistência para que os percursos fossem maiores, coisa que tenho que melhorar no próximo ano.
O ritmo cardíaco registou uma média de 119bpm, demonstrativo de menor actividade física e como tal ritmos cardíacos mais altos.
Mantive a actividade nos rolos no início do ano, quando o tempo esteve mais incerto e de certa maneira era impeditivo de saídas para a estrada.
Fiz 23h50m em rolos que se reflectiram em 767km, que não contabilizo no somatório dos km registados em estrada.
Nas caminhadas fiz 843 km tendo gasto 128 horas.
Na época de caça andei 133 km tendo gasto 75 horas.
Quanto ao peso consegui andar pelos 90 kg, tenho como objectivo reduzir pelo menos mais 3 kg, o que não tenho como fácil…vamos ver.
Enviar um comentário